Striking dance floor, não vivemos sem!

17 dez

Glow in the Night – Parte III

Lawnmower-Man-Mask-Costume

Depois de um extenso período de hibernação, quase como um vulcão adormecido, ela finalmente está pronta pra despertar e explodir!

E como acontece sempre nessas ocasiões, quando esse vulcão desperta o negócio fica bem simples. É GO HARD OR GO HOME!

Quem conhece, já sabe muito bem o que vai encontrar;

Chegando cedo aproveita o OPEN DE TEQUILA que rola da meia-noite em ponto até a 1h.

E quem vier desavisado, hahahah, vai dar dó.

Quem confirma presença no evento do Facebook já garante nome na lista e já por lá é possível tirar qualquer outra dúvida;

https://www.facebook.com/events/394470827377935/

– – –

O lugar: Darwin Club (Birigui)

Quando: 20/Dez – Sábado

* A Discotecagem fica por conta do ataque Residente da SQ! (Gabriel Soares & Serginho Colombo)

– – –

10369720_677552622362720_2523154021803609545_n

Irá rolar um sorteio de 01 Camarote (com direito a 05 VIPS + 01 mesa de camarote + 05 pulseiras + 01 Garrafa SKYY VODKA), para quem compartilhar o post da festa e marcar os melhores amigos nos Comentários!

Se joga que é Striking porra!

Go hard or go Home!

Qué pasa no Chile? O ex-país de primeiro mundo que respira os ares da primavera árabe.

26 ago

por Gabriel Soares.
*Aos amigos chilenos que tentam erguer um novo Chile!

Por que o país queridinho dos EUA na América Latina corre o risco de paralisação geral após os intermináveis enfrentamentos com os estudantes nas esquinas da Alameda? Continue lendo

Suicide movies.

25 abr

por Gabriel Soares.

Frio de cinco graus, neblina, leite quente e muito agasalho. Fotografia alternativa e Bob Dylan na trilha sonora. Tinha tudo para ser mais um filme rodado em alguma cidadezinha no inverno francês, não fosse um detalhe: ele é brasileiro. Continue lendo

Forró no cd novo do Radiohead. (King of Limbs)

25 fev

por Gabriel Soares.

Não se pode, ou melhor, não se deve ouvir o último cd do Radiohead apenas uma vez esperando captar toda a sonoridade que se oferece aos ouvidos, muito menos tentar compreender as melodias com o ouvido frio, 4beat e acostumado ao fácil como o nosso. Continue lendo

O lado negro.

7 fev

por Gabriela Bruschini.

Este final de semana estive no cinema Reserva Cultural, localizado no prédio da Gazeta, Avenida Paulista. Dois dias após a estréia de “Cisne Negro”, compareci ali para assisti-lo. Lembrei-me muito de “O Anticristo”, de Lars Von Trier. Este último é bem mais forte, sem dúvida, mas é a mesma sensação de estar assistindo a um filme de terror psicológico. Também não duvido que 90% da sala de cinema precisaram aliviar a catarse provocada debatendo o forte candidato ao Oscar com outras pessoas depois. Continue lendo

Facebook e as caras. Ou o sonho ridículo de um homem do século XXI.

26 jan

por Gabriel Soares.

Outro dia eu sonhei com um cara. Ele me perguntou. Cara, que história é essa de facebook? O livro da cara? A cara do livro? Eu devolvi. Que livro, cara? E aí ele se espantou… Será que só pela minha cara ele já sacou que eu nunca tinha lido um livro na vida? Mas eu também me espantei com a cara dele. Peraí, como assim você não conhece o facebook, cara? Continue lendo

Da Loucura como resposta…

18 jan

por Cauê M. Cardoso

Há muito recebi um convite para colaborar com a Revista S.Q. e hoje pretendo seguir adiante com esta colaboração, devido ao fato de que por trás das ações existem pelo menos um pensamento. E eu tenha uma grande estima pelo os seus pensamentos.

Pegue um cigarro – porque você precisará apenas de uma mão para os demais passos; Sirva um copo da sua bebida favorita – não a beba; Coloque qualquer variável do indie em um volume mais alto do que sua voz, porém jamais mais alto do que o seu pensamento; Sente-e; Abra a janela; Olhe para fora; Pegue o seu copo; Trague o seu cigarro; Beba. Continue lendo

Sonambulismo de um ateísmo militante adormecido.

14 jan

por Gabriel Soares.

Sempre ouço pessoas dizendo que não devemos debater religião, que religião não se discute e que devemos respeitar e não tocar no assunto. Será?
leia na íntegra. Continue lendo

O Livro do Vômito.

8 dez

por SQ (Conrado).

Introdução

O primeiro conselho que poderia ser dado ao nobre leitor é para não ler esse texto após as refeições, a não ser que a admiração pelo vomito seja tanta a ponto de ler o livro especificamente para provocar primoroso ato. A obra também não é indicada às pessoas de estômago sensível.
O intuito de escrever este texto é o de compartilhar experiências e histórias, em parte trágicas, em parte cômicas, com a arte de botar a comida para fora antes dela ser completamente processada. Que as páginas a seguir sirvam para distração. São experiências narradas em pequenos textos que podem ser lidos ao acaso, na sala de espera do dentista ou no ponto de ônibus.
Desde os tempos da Bíblia já se dizia que o morno é vomitório.
leia na íntegra. Continue lendo

Cidades Impossíveis.

29 nov

por Pedro Pulzatto Peruzzo.

*Apresento a vocês um texto do amigo de colégio Pedro Peruzo. Filho daquele mesmo Peruzo conhecido em Birigui pelas frutas e sucos. Ele concedeu a publicação da sua crônica especialmente pro blog. O texto faz parte do livro “Cidades Impossíveis” que reúne vários autores. O livro pode ser comprado diretamente no site da Portal Editora. Espero que gostem.
leia na íntegra. Continue lendo